Encontro reúne agroincubadoras e discute estratégias

Publicado em: 15 de dezembro de 2020

Nos dias 10 e 11 de dezembro ocorreu o 4º Encontro Mundial da Rede Agroinncuba. No primeiro dia, a programação foi aberta aos interessados, contemplando uma série de painéis virtuais a respeito dos seguintes temas: Ambientes de Inovação, HUBS de Inovação, Fundos e Aceleradores e AGTechs. A organização foi da Unicetex (USP), FZEA USP, Seti-PR, UVPR, Unicentro e UEL.

Na sexta-feira, 11, foi realizado um encontro dos integrantes da rede, a fim de alinhar o planejamento de trabalho. A Rede Agroinncuba prevê uma série de iniciativas de órgãos de países Ibero-americanos para desenvolver estratégias de impulsionar o setor agroindustrial, promover o intercâmbio de conhecimento entre as empresas incubadas, buscar novos mercados de atuação e apoio dos projetos já desenvolvidos, gerar um manual de boas práticas de gestão tecnológica e empreendedoras para a rede, mapear os diferentes ecossistemas das incubadoras em seus diferentes países e demais parques tecnológicos de interesse.

FINOVAGRO: inscrições seguem abertas!

De 7 a 9 de dezembro foi realizado o Fórum Internacional On-line de Empreendedorismo e Inovação no Agro 2020, de maneira remota. O evento foi organizado pelo Unicetex e o Programa de Mestrado Profissional em Gestão e Inovação na Indústria Animal, ambos no âmbito da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos da USP (Universidade de São Paulo) do campus de Pirassununga com a parceria do Paraná, por meio da Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e da Universidade Virtual do Paraná e da Comissão de Zootecnia do Conselho de Medicina Veterinária de São Paulo (CRMV-SP).

De acordo com o presidente da Comissão Organizadora, professor Celso da Costa Carrer (FZEA/USP), o FINOVAGRO 2020 teve um caráter científico e negocial reunindo pesquisadores e gestores públicos e de universidades, centros de pesquisas, incubadoras e parques tecnológicos de diversos países da Ibero América, além de empreendedores e profissionais que compõem diferentes ecossistemas de inovação no ambiente agro. Foram 22 palestras de renomados especialistas, nacionais e internacionais, em empreendedorismo e inovação no agronegócio.

“O objetivo é debater soluções para as AGTechs e para os ecossistemas envolvidos. Por isso, reunimos atores que compõem as diferentes missões da tríplice hélice do desenvolvimento, ou seja, as empresas, as universidades e institutos de pesquisa e o governo, definindo temas que são emergentes”, afirmou. Sendo assim, o evento propõe uma mostra de pesquisa que tem o objetivo de discutir temáticas e possibilitar a interação entre os pesquisadores.

Pela natureza do evento e pelo fato de novos congressistas terem acesso a todas as palestras e à possibilidade de publicar nos Anais, é importante destacar que as inscrições e a submissão de trabalhos completos e resumos expandidos ficará aberta até 8 de fevereiro de 2021. Além disso, o networking será contínuo, pois os materiais ficarão disponíveis na plataforma para além da data do evento.

Participaram especialistas de diferentes regiões do Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Equador, Espanha e Portugal.  As pautas da programação foram fundamentais para o entendimento do ecossistema de inovação desses países e desenvolvimento e formação de empresas inovadoras no âmbito do agronegócio (AGTechs). Vale a pena conferir!

Inscreva-se aqui

 





SIGA-NOS NAS REDES


fb.com/eaduvpr

/UniversidadeVirtualdoParana

@universidadevirtualdopr